Proteção Veicular X Seguro Automotivo

Qual a diferença entre proteção veicular e seguro automotivo?

Para muitas pessoas, as diferenças entre proteção veicular e seguro automotivo não são claras. Isso pode ser um problema na hora de optar entre essas modalidades. Por isso, é importante se informar e conhecer as vantagens e desvantagens de cada uma.

Para facilitar sua escolha, nós vamos esclarecer as diferenças básicas entre as duas. Confira!

Proteção veicular X Seguro auto

Existem algumas diferenças entre as modalidades, que vão desde a forma como o serviço é contratado até as condições de garantia, direitos e deveres. Elas podem ser determinantes, dependendo do uso que faz do seu veículo e do que espera com a escolha.

A primeira diferença entre eles está na forma de contratação e de fornecimento. O seguro auto é ofertado por empresas seguradoras, as quais têm interesses econômicos privados. Enquanto a proteção veicular funciona por meio de associações cooperativas sem fins lucrativos. Dessa forma, reúnem pessoas para dividir os custos e as despesas com a proteção dos veículos.

Normalmente, a proteção veicular é mais barata do que os seguros automotivos. Contudo, é preciso considerar as diferenças nas garantias, nos direitos e deveres para fazer a opção.

Adesão

Para aderir ao seguro automotivo, primeiramente, é necessário que o veículo passe por uma inspeção e seja avaliado por um profissional da seguradora. A partir disso, o pedido do cliente será certificado para que seja feita a definição do valor a ser pago, que é integral, mas pode ser parcelado.

Assim como nos seguros, na proteção veicular, o carro também é inspecionado e avaliado. O interessado deverá pagar uma taxa e assinar o termo de adesão. Esse documento oficializa a associação, fazendo com que a proteção passe a vigorar. O pagamento é cobrado na forma de mensalidades atribuídas aos associados, que podem variar, a depender do acúmulo de prejuízo.

Apólice

Ao contratar um seguro auto, o cliente tem acesso à apólice. É nela que estão descritos os deveres e as responsabilidades da seguradora e do cliente. Nesse caso, os riscos são de responsabilidade da seguradora e os eventuais custos são transferidos para ela.

No caso da proteção veicular, no entanto, não há apólice. A garantia de proteção é dada pelo contrato assinado pelos associados, no qual se comprometem a responsabilizar-se mutuamente sobre os veículos.

Regulamentação

As seguradoras são regulamentadas e estão sujeitas às normas estabelecidas pelo Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) e pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP). Isso é o que protege os clientes e fornece garantias legais.

A proteção veicular não conta com uma regulamentação da SUSEP. Uma vez que esse serviço é fornecido por associações, as instituições que regem e definem a legalidade das operações são o Código Civil Brasileiro e a Organização de Cooperativas Brasileiras (OCB).

Cobertura

Em geral, a cobertura oferecida pelos seguros automotivos é a mesma: garantia contra roubos, furtos, incêndios, colisões e danos a terceiros. Contudo, normalmente, são oferecidos outros tipos de cobertura com custos adicionais, que podem ser muito úteis, como assistência 24 horas e outros serviços.

A cobertura oferecida pelas associações de proteção veicular é praticamente a mesma. A diferença é que, no caso da proteção veicular, além de todas as vantagens das coberturas e assistências, você conta com rastreador e uma central de monitoramento 24h para localizar seu veículo em caso de roubo ou furto.

Agora que você já sabe as diferenças ficou mais fácil decidir entre proteção veicular e seguro auto? Esperamos que nossas dicas tenham ajudado a esclarecer sobre o assunto.

Baixe nosso
APP
no seu celular

DOWNLOAD Link